quarta-feira, 24 de março de 2010

O Som do Sul

Hoje descobri um novo Universo. Uma nova Realidade Paralela da Cultura Musical Brasileira. Hoje eu descobri quem não os verdadeiros undergrounds brasileiros. Você por um acaso já ouviu falar de bandas como Doce Encanto, San Marino, Sétimo Sentido ou Brilha Som? Eu também não tinha ouvido. Eu já tinha no meu Ipod uma coletânea da banda Terceira Dimensão, que tocam um som semelhante ao das bandas que citei, só não sabia que a cena era tão grande.



Ontem à noite a vendedora de DVDs do Terminal de Ônibus do Guaraituba escalou a minha existência para voltar a ser comprador. Argumentei que meu reprodutor estava estragado e ela replicou que eu poderia comprar CDs de música. Como meu ônibus estava demorando, resolvi dar uma olhada nos produtos disponíveis.

Em meio aos costumazes Beyouncé, coletâneas de hip hop e funk, Lady Gaga e Djavu, vislumbrei um Melhores Bandas do Sul. Nenhum nome conhecido. Instinto pesquisador de Timpin em modo ON, perguntei pra comerciante informal:

- Me diz uma coisa, essas bandas não tocam no estilo do Terceira Dimensão?
- Acho que sim.
- Vou arriscar, faz por dois e cinquenta?
- Claro, tu é cliente antigo.
- Fechou a polenta então.

Agora demanhã escutei a bolachinha. O som é derivado de valsas e foi evoluindo entre os imigrantes europeus até chegar atualmente a uma batida bem acelerada e dançante. É fundamentalmente consumido nas cidades do interior da região sul, principalmente Rio Grande do Sul e Santa Catarina. É o som dos bailões da alemoada. Nunca aparecem na mídia, no máximo nas AMs da vida. Isso é o máximo que sei sobre esse gênero musical, não sei nem seu nome.

Mas vou saber. O encarniçadinho do brega aqui vai atrás. Infelizmente a net acho que pouco vai ajudar. Vou ter que fazer uns telefonemas, conversar com pessoas, tomar umas cachaças. Mas acho que vou gostar, adoro devorar novidades, adquirir conhecimento profundo de generos popular obscuras e pagar pau de esnobe em rodinhas universitárias.

Me aguardem.

8 comentários:

OI TIMPIN E O CEZAR DO SITE
AS MELHORES SERTANEJAS..

SEGUINTE ELES TOCAM BANDINHA E COMO A GENTE CHAMA ESTE RITMO AQUI NO SUL.. PROCURE POR MUSICAL SAN FRANCISCO.. CORPO E ALMA MUSICAL JM, OS MONTANARI IXI TEM TANTA GENTE AQUI Q SEU EU FOR FALAR VOU FICAR AQUI MT TEMPO ESCREVENDO

Então cara, me ajuda nesse novo terreno (pra mim)? Consegui um CD do San Marino. Vc sabe de algum site ou blog onde eu possa baixar mais coisas?

PQP, olha o naipe das figuras. Tem pra tudo q é gosto, quer dizer mal gosto: de camisa azul ali parece figurante de filme de terror, o de laranja deve ser da banda the housemartins, o de preto com cabelo bombril parece cabelereiro baitola. O primo pobre do miguel falabela fazendo sinal de positivo é o q??? O resto nao vou nem comentar.

e o nome da banda??? san marino?? Cuidado com a banda bahrem, interlagos e banda ímola. Diz q a banda ímola parou nA CURVA TAMBORELO ONDE ACONTECEU O ACIDENTE do ayrton senna.

zezelito

Cara, antes da ascensão do sertanejo universitário o ritmo de bandinha predominava aqui no oeste catarinense. Ainda tem espaço, mas essas mesmas bandas adotaram as musicas do sertanejo para seus bailes (não são show, são bailes mesmo, bandinha, vanerão) algumas ainda variam e tocam algumas músicas de outros estilos pra descontrarir.
Se quiser pode entrar em contato comigo, moro no extremo oeste catarinense. Abraço!

Oeste catarinense, incrível. Adoro a região. Essa "pantinhas" (tente ler com sotaque de imigrante alemão, ou "colono") ainda tocam em bailes, especialmente na região mais rural, apesar do sertanejo universitário estar ocupando mais espaços. O som de "pantinha de Fritz" é exatamente nesse tirmo acelerado, cortesia dos teclados que as bandas adotaram, e mesclam ritmos como vanerão, polka, valsa e fanfarra alemã (aquela de Oktoberfest, que os americanos chamam de "Oom-pah"). Esse lance de "Baile" é bem real - normalmente são em galpões comunitários ou CTGs. O estilo é bem influente nas regiões de imigração centro-leste europeira, ou seja, do noroeste do Rio Grande do Sul ao Oeste do Paraná, com algumas influências em estados recentemente ocupados por filhos de imigrantes europeus radicados no Sul, como Mato Grosso do Sul.

Cara essa banda é da cidade de Santa Rosa, RS, terra da XUXA, toca muito, os caras da banda sao gente fina.

Aqui neste site você pode encontrar CDs:

http://www.bandasdebailedosul.blogspot.com/

O nome desse estilo musical, pelo menos aqui, onde costumamos ver eles, é Maxixe, uma mistura de tchê music, com sertanejo e pagode...mais ou menos isso, e o pessoal tem um jeito de dançar...

Postar um comentário

Solta o verbo!

Twitter Delicious Facebook Digg Stumbleupon Favorites More