quarta-feira, 8 de fevereiro de 2012

O discreto charme de uma troca de sonhos & aspirações (carta aberta de uma fã de Simone e Simaria)

Com a palavra Janny Laura (PHD em Forró do Muído):

Sei nem por onde começar, só sei que estas são as linhas mais difíceis já discorridas por mim neste ou em qualquer outro Cabaré. Passou uma semana do meu último show e só agora consegui baixar o fogo na borrega e organizar minhas ideias. Reza a lenda que tudo o que é bom dura pouco, mas eu prefiro acreditar que tudo o que é bom pode ser melhor ainda. E é nessa linha que eu vejo onde os olhos de Simaria e Simone estão enxergando: um horizonte de sucesso, um futuro melhor.

Todo mundo tá besta e feio de saber do descaso da A3 Entretenimentos com o Forró do Muído. Isso já foi falado, gritado aos quatro ventos por muitas pessoas, inclusive por mim. Tem nem mais graça. Existia uma Guerra Fria dentro da empresa, mas hoje está escancarada, perdeu-se a vergonha na cara há um tempo. O fato é que as Coleguinhas, as verdadeiras e únicas Coleguinhas, nesse projeto do Muído só tiveram os fãs do seu lado e agora não será diferente. Chegou um momento em que qualquer coisa é melhor que estar na A3. Você aí, querido leitor, trabalharia numa empresa onde, além de não ter nenhuma oportunidade de crescer, seu tapete seja puxado a cada trabalho bem feito? Pois é, eu também não. E nem elas. Acontece que a A3 nunca imaginou que o Forró do Muído voaria tão alto a ponto de, em certa época, fazer mais sucesso que o seu intocável Aviões, porém eles não conseguiram cortar o produto pelo simples fato de não ter sido criado por eles mesmos. Quem fez a fama e a voz do Muído foram os fãs e isso amarrou a mão suja de quem queria/quer o mal de Simone e Simaria.

Situação exposta, vamos à minha experiência pessoal. Fui a Campina Grande resolver umas papeladas e decidi fugir pra Recife (saravá três vezes pra mainha não ler isso!). Seria a última oportunidade de vê-las do jeito que me apaixonei e eu não poderia perder o bendito show de Paudalho - PE. Já cheguei lá nervosa, comecei a beber... E antes de começar o babado eu já estava puxando fogo (nota mental: vodka = mijo do cão!). Foi o show mais emocionante da minha vida. Quando elas entraram, que eu olhei pra Simone, vi p povo enlouquecido cantando... Olhe, veio tudo à minha mente. Cada música era uma história vivida, era uma boa lembrança, era o motivo de eu estar ali. Olhar pro lado e ver os maiores presentes que o Muído me deu, minhas grandes amigas Wanessa e Flaviane, além de ver uma galera que eu já tinha aprontado muito por aí... São cenas que estão guardadas em flash na minha memória e nem precisa dizer que eu chorei. Chorei feito criança, subi no suporte do som, dancei, curti (e não foi pela vodka, garanto!)... Palavras são vagas pra tornar aquele momento palpável a vocês, mas resumindo: fui lá e fiz meu nome, caro coleguinha! Depois do show, tinha o camarim e era lá que eu precisava me entender com Simone, por causa daquela matéria publicada neste Cabaré. Tudo se resolveu, as divergências foram esclarecidas e depois de 10 meses sem ir a um show e 5 meses sem olhar nos olhos delas, pela primeira vez no camarim eu me emocionei. Não são lágrimas de tristeza, até porque elas estão fazendo o que é certo, mas são lágrimas de gratidão a tudo o que me deram... E elas sabem muito bem disso. Depois, pela manhã, ainda teve outro melhor momento e a gente foi pra casa.

Mal sabia eu que viajaria na quarta pra outro show, esse sim seria o meu último, em Canhotinho - PE. Já deveria estar em Campina Grande, mas eu já estava lascada mesmo, o que seria mais uma chinelada quando chegasse em casa? Não bebi dessa vez, também não chorei, me preocupei em gravar na memória cada minuto e me diverti muito, pra variar. Lá elas anunciaram oficialmente a saída da A3 e foram muito aplaudidas pelo público, como vocês conferiram aqui (link). Teve camarim de novo, bem especial, e, por fim, aquela despedida que eu tomei como um “até logo, meninas”.

“Até logo”, “até breve”. Não quero que o novo projeto demore e acredito que você também não, companheiro de leitura. Simone e Simaria tem brilho próprio, não há dinheiro que compre talento e hoje está mais do que provado que aqueles fãs enlouquecidos que acompanhavam o Muído não pertenciam à banda, pertencem a elas. Aonde forem a gente vai atrás. Ou melhor, a gente leva pro topo. Ontem, depois de uma twitcam das duas (peguei só o final, pense num ódio!), a tag #AmamosSimoneeSimaria foi pro primeiro lugar dos Top Trends MUN-DI-AIS! O que isso significa? Que tem neguinho por aí cortando os pulsos de tanta inveja. Que tem gente fazendo o mal, mas não sabe que Deus está de olho em tudo e o bem, o talento e a honestidade hão de vencer a safadeza e a falta de caráter. Besta daquele que empurra uma mola, pois, no instante em que soltá-la, ela vai voar. Voar mais alto que muito Avião por aí.

10 comentários:

perfeito ! falou e disse tudo ! Sou sua fã Janny Laura

vc falou e disse simone e simaria tem é que crecer mesmo mais elas podem ter certeza que aconteça o que aconteça nós fãs quem realmente ama simone e simaria vamos estar pra sempre com elas e que o senhor esteja pro resto da vida delas a cima de tudo abençoando essas vidinhas que fezes o brazil enteiro se emocionar bastante com músicas inesquesiveis...

Este comentário foi removido pelo autor.
Este comentário foi removido pelo autor.

É Jannynha, acho que todos os fãs de Muído temos inúmeras lembranças. Cada show, cada risada, cada "briga", cada conversa, cada foto... enfim, lembanças inesquecíveis que ficarão para sempre em nossas memórias. Vale ressaltar que é um fim, o fim delas no Forró do Muído. Mas é também o começo, o começo da realização de um sonho delas desde meninas, ter o projeto DELAS! Agora é bola pra frente que atrás vem gente (e muita! Nós, os fãs). Simone e Simaria vão vir com tudo nessa nova etapa.
Por mais que a A3 tente fechar as portas para as mesmas, tem sempre uma janela aberta. E no caso delas, é um janelão!
Sucesso elas tem de sobra, nós temos que fazer a nossa parte estando com elas como sempre fizemos!
Beijo no coração minha amiga linda que conquistei graças ao FORRÓ DO MUÍDO, graças a SIMONE E SIMARIA!
Marcella Brito Madruga!

Ah!!! Devia ter citado meu nome neeeeeeee? Digaííí que fui excluída! kkkk

Foi excluída não, Cella! Tu tá no meio de tantas lembranças boas. Inclusive naquelas que não são de show. HAHAHA

Q vai acontecer com Binha???

Ele falou que ainda não sabe. Tem a opção de continuar com o Muído ou montar sua própria banda.

Postar um comentário

Solta o verbo!

Twitter Delicious Facebook Digg Stumbleupon Favorites More